Mostra AVAV Recebe Perfomances de Áudio Visual

Fechas
Martes 22 de mayo ’12 - 12:00 hs.

São Paulo, Brasil.  27 de junho de 2012.
Mostra AVAV Recebe Perfomances de Áudio Visual
http://www.epicentrocultural.com
http://migre.me/9b35V
Consultas: contato@epicentrocultural.com

Ficha de inscrição + regulamento!

 


AVAV é uma multiplataforma para apresentações audiovisuais em tempo real.
Estão abertas as inscrições para a MOSTRA AVAV que acontece mensalmente em São Paulo, no Epicentro Cultural.

mostra

artistas

É uma mostra mensal, direcionada a artistas visuais, sonoros, performáticos, criadores e pesquisadores audiovisuais de manipulação de imagem e som em tempo real. Com pautas mensais e revezamento de apresentações, a obra entra em cartaz.
Possibilita, assim, a circulação de trabalhos entre os artistas brasileiros, fortalencendo o circuito nacional e promovendo visibilidade para os artistas locais.

O artista define que tecnologia utilizar em sua apresentação, oferecendo ao público uma experiência audiovisual expandida onde a improvisação, o acaso e o agora são os principais condutores. Cada apresentação é única.
A obra é aberta e a possibilidade de articular elementos com combinações e re-combinações ao vivo é infinita.

Inédito ou não podem ser inscritos quaisquer tipos de trabalhos de live image, live cinema, performances e composições audiovisuais, onde a imagem e o som sejam manipulados ao vivo, com utilização de softwares e hardwares para controle e disparo de dados e luz em tempo real. 
composições audiovisuais/multimídia, remixes de curtas ou longa metragens, animações, trabalhos experimentais de pesquisa de novas linguagens, tendo sempre um artista ao vivo construindo sua obra em tempo real.

Tempo espaço
A improvisação, o acaso e o agora são os elementos desencadeadores do processo que tem o espectador como testemunha e agente ativo do momentum de exposição. cada performance define não só tempo e espaço específico mas também uma relação única entre os dois. o espectador se distribui pelo espaço promovido, se posicionando e fazendo parte da obra.

A relação como forma
Não é o artista que define o que é a obra, nem mesmo o sujeito implicado, mas é a relação entre estes termos que institui a forma. as obras exploram os caminhos sempre novos e desdobramentos possíveis da linguagem audiovisual ao vivo, criando em tempo real uma experiência imersiva e única. o que define o comportamento diante da obra não é mais uma duração contida nos limites de uma tela, mas o instantâneo do corte, da ruptura, da montagem e combinação disponível ao espectador – sujeito que presencia, integra e constrói a realidade expandida, sendo, desta e através da forma proposta, incluído na obra.

Curadoria + idealização: Veruscka Girio (astronauta mecanico)
Realização: epicentro cultural

+info http://www.epicentrocultural.com

Deja un comentario