Democracias de Alta Densidade: Índia e Brasil

Fechas
Martes 26 de junio ’12 - 9:30 hs.

São Paulo. Brasil. 26 de junho de 2012. 9h30
Desenvolvimento, democracia e desafios de Brasil e Índia

Sala de Eventos do IEA, Rua Praça do Relógico,
109, bloco K, 5º andar, Cidade Universitária
Tel. (11) 3091-1683
Informações: mgifalli@usp.br
www.iea.usp.br/aovivo.

Transmissão Aovivo!

 

Democracias de Alta Densidade: Índia e Brasil” é o tema do encontro que o IEA realiza no dia 26 de junho, a partir das 9h30, com a participação de historiadores indianos e pesquisadores da USP e da Unicamp.

O historiador Aditya Mukherjee, diretor do Instituto de Estudos Avançados Jawaharlal Nehru da Universidade Jawaharlal Nehru (JNU), falará sobre “Desenvolvimento com Democracia para o Sul Pós-Colonial: da ‘Dependência’ à Globalização”. Ele argumentará que o legado colonial não criou “condições iniciais” positivas como alegam alguns autores revisionistas do colonialismo imposto aos países do leste, sudeste e sul da Ásia. Para ele, o caminho do desenvolvimento exigiu a desestruturação do colonialismo. O historiador defende que Jawaharlal Nehru (1889-1964) adotou estratégias para aquela desestruturação entre 1947 e 1964, período em que foi primeiro-ministro da Índia, promovendo um desenvolvimento independente e possibilitando as reformas estruturais para o rápido crescimento do país nos últimos anos (leia a íntegra do texto que será apresentado por Mukherjee).

O tema da exposição da historiadora Mridula Mukherjee, do Centro de Estudos Históricos da JNU, será “Construir e Aprofundar a Democracia em uma Sociedade Altamente Diferenciada“. Ela tratará de democracia e secularismo e discutirá como essas idéias se tornaram os valores fundamentais do povo indiano (leia o resumo da apresentação da historiadora).

Pelo lado brasileiro, Pedro Paulo Funari, diretor do Centro de Estudos Avançados (CEAv) da Unicamp, falará sobre “Desafios da Democracia no Brasil a partir de uma Perspectiva Histórica” e Renato Janine Ribeiro, professor titular de ética e filosofia política da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) e conselheiro do IEA, tratará da “Emergência do Sul“. As debatedoras serão Maria Hermínia Tavares de Almeida, diretora do Instituto de Relações Internacionais (IRI), e Laura Patrícia Zuntini de Izarra, da FFLCH. A moderação estará a cargo de Maria Inês Nogueira, do Instituto de Ciências Biomédicas, e Alfredo Bosi, do IEA e da FFLCH.

O encontro será realizado na Sala de Eventos do IEA (Rua Praça do Relógio, 109, bloco K, 5º andar, Cidade Universitária, São Paulo) e terá tradução simultânea. Haverá transmissão pela web em www.iea.usp.br/aovivo. Mais informações podem ser obtidas com Marilda Gifalli (mgifalli@usp.br), tel. (11) 3091-1683.

 

DEMOCRACIAS DE ALTA DENSIDADE: ÍNDIA E BRASIL

26 de junho de 2012

9h30
MESA 1
Construir e Aprofundar a Democracia em uma Sociedade Altamente Diferenciada
Expositora: Mridula Mukherjee (CHS-JNU, Índia)
Desafios da Democracia no Brasil a partir de uma Perspectiva Histórica
Expositor: Pedro Paulo Funari (CEAv-Unicamp)
Debatedora: Maria Hermínia Tavares de Almeida (IRI)
Moderadora: Maria Inês Nogueira (ICB)

11h

MESA 2
Desenvolvimento com Democracia para o Sul Pós-Colonial: da ‘Dependência’ à Globalização
Expositor: Aditya Mukherjee (JNIAS-JNU, Índia)
Emergência do Sul
Expositor: Renato Janine Ribeiro (IEA e FFLCH)
Debatedora: Laura Patricia Zuntini de Izarra (FFLCH)
Moderador: Alfredo Bosi (IEA e FFLCH)

+ info http://www.iea.usp.br

Deja un comentario