Dia da Consciência Negra Afrobrasileira

Fechas
Martes 20 de noviembre ’12 - 14:00 hs.

São Paulo. Brasil. 20 de novembro 2012.
Editais no Dia da Consciência Negra
http://www.cultura.gov.br

Editais e programação cultural em São Paulo no Dia Nacional de Zumbi
e da Consciência Negra

 

Vinte de novembro é o Dia da Consciência Negra. A Lei nº 10.639, de 9 de janeiro de 2003 incluiu a data no calendário escolar , tornando obrigatório o ensino sobre história e cultura afrobrasileira nas escolas. Com isso, os professores devem preparar aulas sobre história da África e dos africanos; luta dos negros no Brasil; cultura negra brasileira; e o negro na formação da sociedade nacional.

A data também é feriado em mais de 400 municípios, em homenagem a Zumbi dos Palmares, um dos líderes do Quilombo dos Palmares, localizado na Serra da Barriga, na divisa entre Alagoas e Pernambuco.

Zumbi nasceu em Palmares, Alagoas, em 1655. Mesmo nascido livre, foi capturado e entregue a uma família portuguesa. Aos 15 anos, ele fugiu para seu local de origem tornando-se o líder mais famoso do quilombo por ter lutado contra a opressão portuguesa. Morreu em 20 de novembro de 1695.

 

Ministério da Cultura lança editais para produtores e criadores negros

 

No dia em que se comemora o Dia Nacional de Zumbi e da Consciência Negra, 20 de novembro, o Ministério da Cultura (MinC) lança editais voltados aos produtores e criadores negros, em cerimônia a partir das 11h, no Museu Afro Brasil, no Ibirapuera, em São Paulo.

A ação afirmativa está amparada no Plano Nacional de Cultura, no Estatuto da Igualdade Racial, em decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) e mais ações do governo federal na instituição de cotas.

O foco das ações é estabelecer novo paradigma em todas as linguagens apoiadas pelo MinC, com a participação efetiva da população negra, que representa 52% dos brasileiros, de acordo com levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

As comemorações também incluem programação no Parque do Ibirapuera, a partir das 10h, com diversas atrações e shows organizados pela Fundação Cultural Palmares (FCP).

Os editais

O Ministério da Cultura lança os editais por meio da Fundação Biblioteca Nacional (FBN), Fundação Nacional de Artes (Funarte) e Secretaria do Audiovisual (SAv), uma parceria entre a Palmares e Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR/PR).

Com os editais, espera-se formar novos escritores, elevar o número de pesquisadores negros e de publicações de autores negros, incentivar pontos de leitura de cultura negra em todo o país. Também premiar curtas dirigidos ou produzidos por jovens negros, na faixa de 18 a 29 anos. Investir em criação, produção e fazer com que artistas e produtores negros ocupem palcos, teatros, ruas, escolas e galerias de arte de todo o país.

Coletiva de Imprensa

Haverá coletiva de imprensa com a ministra da Cultura, Marta Suplicy, o diretor-curador do Museu Afro Brasil, Emanoel Araújo, os presidentes da Fundação Cultural Palmares (FCP), Eloi Ferreira; Fundação Nacional de Artes (Funarte), Antonio Grassi, e da Fundação Biblioteca Nacional (FBN), Galeno Amorim. Para o atendimento à imprensa, está aberto credenciamento: imprensa@cultura.gov.br

Comemorações no Parque do Ibirapuera

Para marcar o dia 20 de novembro, além do lançamento dos editais, no Museu Afro Brasil, haverá programação no Parque do Ibirapuera, a partir das 10h, com diversas atrações e shows organizados pela Palmares.

Confirmados: rapper Emicida, Samba Rural Paulista-Samba de Roda de Dona Aurora, Bateria da escola de samba Nenê da Vila Matilde, Baile do Simonal com Max de Castro e Simoninha. No encerramento, início da noite, Martinho da Vila.

+ info http://www.cultura.gov.br

Deja un comentario