Simpósio 30ª Bienal A iminência das poéticas

Fechas
Martes 6 de noviembre ’12 - 18:00 hs.

São Paulo, Brasil. 06, 07 e 08 de novembro de 2012
Simpósio 30ª Bienal – A iminência das poéticas
http://www.forumpermanente.org

Para aqueles que não puderem acompanhar as palestras de modo presencial, o evento será transmitido ao vivo no site do Fórum Permanente; museus de arte: entre o público e o privado e no site do Sesc São Paulo.

 

O Simpósio 30ª Bienal – A iminência das poéticas é um ciclo de debates proposto pela curadoria da mostra. Os três encontros estão organizados em torno dos seguintes eixos conceituais:

- Iminências
- Arte Contemporânea: disciplina e antidisciplina
- Arquivar o futuro

Com o objetivo de trazer problemas e questionamentos acerca do motivo da exposição, foram convidados pensadores, historiadores, escritores, poetas e artistas a participarem desses encontros.
O Simpósio tem a intenção de dar lugar a perguntas fundamentais que motivaram a curadoria, orientaram as linhas de reflexão propostas por esta Bienal e que foram também a base para a definição de seus assuntos:

06.11.2012
IMINÊNCIAS
A prática artística produz seu significado mantendo o sentido no estado de potência: história e discurso artístico como chave da iminência. Este eixo dá lugar a algumas perguntas centrais:
- o que vem?
- a arte é um estado de iminência?
- como viver a temporalidade da iminência no mundo atual?

07.11.2012
ARTE CONTEMPORÂNEA: DISCIPLINA E ANTIDISCIPLINA
Com o objetivo de questionar a crescente disciplina da arte contemporânea, será discutido o tema de arte e disciplina ou antidisciplina, evocando as seguintes questões:
- anacronismo e criação
- o papel moderno do artista como sujeito antidisciplinado
- a situação do artista contemporâneo ante um mundo regido pela ideologia das expertises.

08.11.2012
ARQUIVAR O FUTURO
Diante de manifestações de arquivo, atlas e constelação, cada vez mais frequentes na materialização da arte contemporânea, será abordado o estado do conhecimento das artes diante das práticas de arquivo e da lógica arquivística que prevalece em nossa cultura digital e numerada. Também serão observadas suas inflexões na conservação, transformação e futuro dos acervos mnemônicos. Arquivar é uma prática de memória. Suas consequências, contudo, ativam nosso entendimento do futuro: o arquivo garante a dimensão profética do passado?

Para aqueles que não puderem acompanhar as palestras de modo presencial, o evento será transmitido ao vivo no site do Fórum Permanente; museus de arte: entre o público e o privado e no site do Sesc São Paulo.

Datas: de 06 a 08/11/2012
Local: SESC Belenzinho

+ info http://www.forumpermanente.org

Deja un comentario