FILE 2017 | Inscrições abertas

Fechas
Martes 11 de octubre - 0:00 hs.

São Paulo, Brasil. Até 15 de novembro de 2016.
FILE 2017
Inscrições abertas
http://file.org.br

Clique aqui para conhecer o regulamento de inscrição do FILE 2017

 

file_2017_-inscricoes_abertas_call_for_entries_noviembre_2017

 

FILE 2017 | Inscrições abertas

 

Estão abertas as inscrições para 18ª edição do FILE – Festival Internacional de Linguagem Eletrônica, de 15 de agosto a 15 de novembro de 2016. A exposição do FILE 2017 acontecerá em meados de julho na Galeria de Arte do SESI-SP, no Centro Cultural FIESP – Ruth Cardoso.

O FILE é uma organização cultural sem fins lucrativos que, desde 2000, tem promovido exposições, oficinas e encontros que buscam investigar as apropriações das ferramentas tecnológicas na produção artística. Com exposições anuais em São Paulo, edições no Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Curitiba, além de participações em exposições internacionais, o FILE constitui o maior evento de arte eletrônica na América Latina.

Para 2017, artistas e pesquisadores poderão inscrever seus trabalhos nas três categorias principais: Arte Interativa, Linguagem Digital e Sonoridade Eletrônica. A novidade desta edição é que o FILE distribuirá 06 prêmios simbólicos (1º, 2º e 3º lugar; e 3 menções honrosas) nas categorias de animação, videoarte, GIF e games para obras a serem apresentadas em tela única.

Também estão abertas as inscrições para o FILE Led Show, uma mostra de arte pública no grande painel de Led na fachada do prédio da Fiesp – na Avenida Paulista, 1313. O FILE Led Show recebe propostas interativas e não interativas a serem apresentadas na Galeria de Arte Digital do SESI.

Além disso, o FILE recebe inscrições para as oficinas do FILE Workshop, cujo objetivo é difundir as ferramentas tecnológicas como meios de produção artística.

Para participar de todos os eventos, é necessário preencher a ficha de inscrições, estando de acordo com o Regulamento Geral do FILE. A inscrição é gratuita.

O FILE conta com as seguintes categorias específicas:

Sonoridade Eletrônica: Por sonoridade eletrônica entendem-se todas as pesquisas e experiências no âmbito dos sons, tendo portanto uma abrangência maior que o âmbito da música e abertas às possíveis transversalidades com outras disciplinas, sendo: Performance Sonora; Instalações Sonoras; Arte Sonora; Música Genética; Música Biológica; Música Eletrônica Erudita; Música Pop-Eletrônica; Dramaturgia Radiofônica; Rádio Arte; Paisagem Sonora; Robótica Sonora; Vídeo Música; Poesia Sonora; Outros.

Arte Interativa: Por artes interativas entendem-se todas as pesquisas e experiências no âmbito da arte que utilizam mídias interativas e que levam em consideração a intersecção entre arte, ciência e tecnologia, bem como as possíveis transversalidades com outras disciplinas, sendo: Instalações; Performances; Realidade Aumentada; Mesas Multitoques; Objetos Digitais; Projeções Outdoors; Projetos para Dispositivos Móveis; Grafites Eletrônicos; Outros.

Linguagem Digital: Por linguagem digital entendem-se todas as pesquisas e experiências no amplo âmbito da multiplicidade das disciplinas que utilizam mídias digitais, bem como as possíveis transversalidades entre elas, sendo: Jogos Digitais (em todas as suas modalidades); Animações (em todas as suas modalidades); Cinema Digital; Maquinemas; Vídeo Digital; Arquitetura Digital; Moda Digital; Design Digital; Robótica; Vida Artificial; Arte Biológica; Arte Transgênica; Arte Software; Novas Interfaces; Hipertextos; Roteiros Não Lineares; Inteligência Artificial; Linguagem de Programação; Poesia Digital; Dança Digital; GIF; WebGL; Realidades Virtuais com Óculos 3D; Outros.

 

+ info http://file.org.br

Deja un comentario