Por qué es importante formar y profesionalizar gestores culturales…?

São Paulo SP. Brasil. 29 de abril de 2011
Encontro com Alfons Martinell e José Antonio Mac Gregor
Cultura e Desenvolvimento
CCE_SP

Jose Antonio Mac Gregor Campuzano (México / México) e Alfons Martinel Sempere (Espanha) ministrarão, no CCE_SP, uma palestra aberta a todos os interessados que tem como tema: A Formação do Gestor Cultural. Será ministrada em espanhol. Mac Gregor participa também do Seminário Internacional de Cultura de Paz, de 25 a 27 de abril no CCE_SP.

Jose Antonio Mac Gregor Campuzano (México / México) é presidente de Praxis Gestão Especializada A.C. e gerente geral de Gestalia Educação e Cultura SRL, onde atua impulsionando projetos de Gestão Cultural para a Paz e de Aproveitamento dos Espaços Públicos para a reconstituição do tecido social. Professor em diferentes universidades do México, publicou vários artigos em diferentes revistas e livros especializados, particularmente sobre temas vinculados a identidade e cultura, promoção cultural comunitária, profissionalização da gestão cultural e culturas populares. Trabalhou durante 10 anos na Direção-Geral de Culturas Populares do CONACULTA. Foi Diretor de Capacitação Cultural da Direção-geral de Vinculação Cultural do CONACULTA, onde coordenou a criação do Sistema Nacional de Capacitação e Profissionalização de Promotores e Gestores Culturais de México.

Alfons Martinel Sempere (Espanha) é especialista no campo da Formação de Gestores Culturais, Cooperação Cultural e desenvolvimento de Políticas Culturais Territoriais. Atualmente é Diretor da Cátedra Unesco Políticas Culturais e Cooperação, da Universidade de Girona. Desde 1992, atua como Professor Titular da Universidade de Girona, especializado em temas de organização e gestão de instituições do campo da gestão cultural, políticas culturais e a educação não formal. Entre maio/2004 e julho/2008, foi Diretor Geral de Relações Culturais e Científicas da Agência Espanhola de Cooperação Internacional – Ministério de Assuntos Exteriores e de Cooperação da Espanha. Publicou diferentes livros, artigos e trabalhos no campo de gestão cultural, políticas culturais, cultura e desenvolvimento, cooperação cultural internacional, a educação no tempo livre, gestão municipal, educação social.

Conteúdo da palestra
Por qué es importante formar y profesionalizar gestores culturales en América Latina?
Porque el sector cultural es cada vez más complejo y diversificado.
Para atender los campos emergentes, derivados del binomio Cultura-Desarrollo: reconstitución del tejido social, turismo cultural, empresas culturales, etc.
Para crear comunidad.
Para una planificación cultural estratégica.
La experiencia mexicana: el Sistema Nacional de Capacitación y Profesionalización de promotores y Gestores Culturales (2001-2007), donde se formaron a más de 15 personas.

Organização CCE_SP

Data 29 abr 19h30 às 22h
LocalAv Angélica, 1091 – Higienópolis, São Paulo SP.
Encontro aberto
Inscrições através do link http://ww2.ccebrasil.org.br

Deja un comentario