CAPACETE convoca para a nova direção artística

Brasil. Até dia 31 de setembro de 2011
Convocatória para a nova direção artística do CAPACETE entretenimentos
http://www.capacete.net


Pedimos que o candidato apresente seu CV completo, um texto/carta de intenção e um projeto de ocupação da estrutura CAPACETE (detalhes seguem abaixo).
As candidaturas podem ser enviadas ao email: diretoria@capacete.net
A seleção será realizada em outubro 2011. Caberá a comissão julgadora realizar uma pré-seleção dos candidatos, que posteriormente serão contactados via SKYPE e, de acordo com a disponibilidade, poderão ser convocados para entrevistas pessoais no Rio de Janeiro e São Paulo.
O resultado será publicdo no site do capacete (www.capacete.net) em final de outubro de 2011 e os pré-selecionados serão avisados via email.

O que é o CAPACETE

O CAPACETE, inaugurado em 1998, se constitui basicamente por 2 estruturas. A primeira, que se abrirá a novas propostas, se consagra as residências de pesquisa tendo no Rio de Janeiro e em São Paulo 6 vagas para residentes (3 em cada cidade), totalizando aproximadamente 15 a 20 profissionais visitantes por ano, entre artistas, curadores e críticos. A segunda estrutura encontra-se somente no Rio de Janeiro (desde 2000) e abrange um serviço de hospedagem onde diferentes profissionais do pensamento contemporâneo podem passar temporadas variadas a seus próprios custos; aqui recebem-se em média 400 pessoas/ano (esta estrutura permacerá no modelo de gestão atual e irá colaborerar com a nova diretoria).

O CAPACETE trabalha e se financia a partir de uma rede de instituições e fundações internacionais (FONDS BKVB, DCA, OCA, Gasworks, Prince Claus, IASPIS, Agência francesa dos consulados locais Rio e São Paulo, Goethe de São Paulo, Frame, Fundação Daniel Langlois, Governo de Cyprus, Fundação Gulbekian, AECID e recentemente a Funarte entre outras que tem permitido um programa contínuo de residências de pesquisa com profissionais de diferentes nacionalidades. As atividades do CAPACETE abrangem também a produção de obras, palestras, publicações, oficinas e exposições.

Do funcionamento atual

1 – O programa principal do CAPACETE são residências internacionais e nacionais de pesquisa em artes visuais incluindo todas as mídias e linguagens;

2 – O programa de residência recebe de 15 a 20 profissionais por ano (em grande parte artistas, críticos e curadores);

3 – Todas as parcerias são internacionais;

4 – O CAPACETE não tem parcerias nacionais contínuas para sustentar suas atividades; salve em situações particulares como foi o caso da 28a e 29a Bienal de São Paulo e o Programa da Funarte em 2010;

5 – O CAPACETE recebe ínumeros profissionais de diferentes areas em sua estrutura que funciona como um hotel. Esta estrutura continuará sobre a gestão atual e poderá ser utilizada para diferentes projetos pela nova diretoria. Podemos receber até 20 pessoas simultaneamente (grupos de estudo, produções diversas etc.).

6 – Nos últimos anos, o CAPACETE não teve um espaço de exposições fixo e os momentos de visibilidade pública de sua produção aconteceram em colaboraçoes com outros organizações (Bienal de São Paulo, Festival de Cinema do Rio entre outras).

Do funcionamento da nova diretoria

1 – Acreditamos que o programa de residência deva continuar sendo o foco principal da nova diretoria que lhe impimirá um novo desenho curatorial;

2 – O novo funcionamento contemplará um conselho com alguns dos nomes que já atuam neste edital;

3 – O candidato pode ser de qualquer nacionalidade;

4 – É desejável ampliar a participação e presença brasileira e latino-americana;

5 – A manutenção das relações internacionais, conquistadas ao longo destes anos, deve continuar sendo de importância fundamental para o novo corpo administrativo;

6 – Que novas parcerias privadas e públicas no Brasil terão importância crescente;

7 – Os mandatos para as futuras gestões serão de 3 anos, com possibilidade de extensão;

8 – Apesar da mudança da direção artística e administrativa do CAPACETE, o fundador Helmut F. Batista continuará ativo no conselho e acompanhará a transição em 2012;

9 – A partir de 2013, passado o período de transição, a nova diretoria ganhará autonomia de proposição, definindo os novos rumos do CAPACETE conjuntamente com o conselho;

Do que se espera da nova direção

1 – Que tenha alguma experiência em outros programas de residência ou produção de projetos que requerem a intensa e longas participações dos profissionais;

2 – Que, caso estrangeiro, fale inglés e tenha noção de espanhol e/ou português;

3 – Que possa participar ativamente no ano de transição (2012) onde estará escolhendo, selecionando e esboçando seu programa de 2013 adiante;

4 – Que seja engajado em busca de recursos e que se comprometa a manter relações institucionais;

5 – Que possa já em 2012 passar tempos mais longos, ou mesmo o ano inteiro, na estrutura do CAPACETE;

6 – Que mantenha o conselho atualizado;

7 – Que mantenha uma comunicação ativa com a situação artística local;

8 – Que o novo diretor(a) seja um anfitrião natural;

9 – Que se entenda que ele ou ela tem que funcionar como guia e interlocutor com os residentes e que ele ou ela tem que facilitar a troca de experiências entre os artistas residentes, tanto entre si como com artistas locais do Rio e de São Paulo.

+ info http://www.capacete.net

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

Puedes usar las siguientes etiquetas y atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>